terça-feira, 19 de agosto de 2008

Um sonho qualquer


É tão difícil de ver que eu fiz muito por ti, talvez eu pudesse ter me erguido bem antes, se não fosse por você. E lembra aquelas facas? Pois é, nunca mais me atingiram e nunca mais irá me atingir, talvez seja pelo fato de não estar mais afiada... Essa tarde, mais um tarde preguiçosa, você me aparece em sonho, e insiste em tentar incomodar, só que já não faz tanto efeito, talvez possa até fazer, pelo fato de você me perseguir até espiritualmente... E isso é engraçado, só não é tão engraçado quanto ver que hoje eu estou por cima, não mais engraçado do que escutar um “eu amo você” e não sentir vontade de retribuir com um simples “eu também”, e isso me trás um gostinho de vitoria, de certa vingança inconsciente e de certa forma tão pura. Hoje você me apareceu em sonho, e parecia estar tão bem, hoje foi um raro dia em que você me veio à cabeça, hoje eu percebo que você nunca fez sentido mesmo para o meu dia-a-dia, e que a vida continua, sem cicatrizes e sem vinhos enojados. Os olhares só existem quando são sinceros, e o nosso nunca existiu, os beijos apenas são lembrados quando de bom gosto, e talvez eu só não lembre por essa indiferença que sinto por ti, mas isso deixa pra lá, já é outra historia e percebi que já falei muito de ti hoje e agora eu preciso pensar em outro texto que substitua esse pseudo-texto de um mini diário. E eu acho que já cresci pra isso, um diário é infantilidade pura, pelo menos é o que dizem por aí.

11 comentários:

Rogerio lima disse...

Texto muito bem elaborado e situado num Blog com a cara dele.

hehehehehehhe.

Tenha uma otima noite.

http://charges.blog.oi.com.br

Antonoly disse...

ótimo texto, muito bem escrito!

www.blowgh.wordpress.com

Matheus Gagliano disse...

Olá!
Muito bacana o seu texto. Parabéns!
http://avelocidade.blogspot.com/

alisson disse...

Pareçe uma canção. Quando os sonhos nos perseguem, talvez ainda reste algo de algo que não terminou... (só o que acho^^).

P.S.: Essas pessoas que dizem algo por ai, raramente sabem o que dizem por ai.
Não pare de escrever! :*

Jessica lopes disse...

Como sempre otimo texto :D
nem preciso comentar , afinal seu blog já está adicionado nos meus favoritos .

Beijos *.*

Stephany disse...

Tão inteligente a forma que vc escreve que qndo acaba agente sempre quér mais ...adoro vir aki pra ler suas postagens parecem tão vivas entram em momentos da minha vida...Parabéns.

Lê Stabiili disse...

Adorei....

essa sensação de vitória,vingança inconsciente é um dos melhores sabores que podemos sentir....qdo somos molestados por pessoas que não sabem o que querem!!
Estou passando por isso!!!!

Amei mesmo seu texto!!!!


uma ótima semana pra ti!!!

abraçosss

Anônimo disse...

http://vickyleardini.blogspot.com/2008/08/quem-arrancou-as-pginas.html

Andaram copiando seus textos sem lhe dar os devidos créditos...

Uma pena, seus textos sempre foram muito bons, e não acho justo alguém usá-los assim..

frã disse...

também acho muito injusto hahaha

www.manufaturanova.blogspot.com disse...

Texto majestoso e me tocou profundamente!! saudade de conversar ctgo made comentários de blog!^.^

João Percival disse...

Legal.

beijo, Yan.