quarta-feira, 25 de março de 2009

Uma quase paixão.


Aquele sorriso contagiante, olhar discreto e coração disparado. Brincadeira sadia, coração alegre e os dedos inquietos. A cada palavra um olhar disperso se encontra e aquela emoção toma conta do sentimento que se esconde, ou não existe. Paixão minimalista com sentimentos extasiantes. Acordar cedo com a esperança de despertar mais uma manhã animadora e satisfatória a ti, sem ao menos saber se você vai me querer. Mas mesmo assim você me faz bem, tanto faz se é verdade ou não, mas você está presente nos meus pensamentos mais ansiosos e indiscretos, ou talvez nem tanto assim, mas o fogo da quase-paixão está se acendendo calmamente e me submetendo a desejos incansáveis.

5 comentários:

Inez disse...

Parabéns pelo texto, você escreve muito bem.
O texto mostra uma pessoa com sentimentos confusos, sem explicação.
Obrigada pela sua visita em meu blog e por divulgá-lo ao seus amigos. Caso queiram esclarece dúvidas pode entrar em contato direto comigo através do Fale Comigo na barra lateral do blog.
Boa sorte no seu vestibular.
No blog há algumas dicas para estudar e aprender mais em menos tempo.

Thiago Assis disse...

que bom que você voltou ao blog =]

acredito que o sentimento apenas se esconda, com palavras tão belas é dificil que ele nao exista... ^^


www.thiagogaru.blogspot.com

emilie d. disse...

Quase paixão,heim...
Texto simples e direto. =) sem deixar de falar de algo que pode acontecer. a vontade de se apaixonar.

Andréia disse...

só ínicio do sentimento que não gosta de fim


bjuxxx

Lê Stabiili disse...

uuuuuuuuoooooowwwww!!!!!
Tomara que a quase paixão se transforme em uma looouuuca paixão....hehehehe!!!!
Adorei o texto!!!

Abração tudo de bom e bom final de semana!!!!